Exiliados cubanos preparan boicot de productos españoles por la visita real a Cuba

Varias decenas de exiliados cubanos protestaron este miércoles frente al Consulado General ...

Chile se hunde en el caos mientras el vandalismo se impone en las protestas

El presidente de Chile, Sebastián Piñera, hizo un llamamiento para un acuerdo nacional sobre ...

La presidenta interina de Bolivia nombró nueva cúpula militar y los primeros 11 ministros

La flamante presidenta interina de Bolivia, Jeanine Áñez, designó este miércoles a ...

Estados Unidos, sobre la fuga del ministro chavista Hugo Carvajal: “Es una gran vergüenza para Españ

Estados Unidos consideró el miércoles “una gran vergüenza” para España la fuga ...

Bolsonaro diz a líderes do Brics que quer ampliar negócios com países do grupo

O presidente Jair Bolsonaro afirmou nesta quarta-feira (13) aos líderes do Brics ...

Maia diz que saída de Levy e de diretor do BNDES é 'covardia sem precedentes' PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Lunes, 17 de Junio de 2019 22:54

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse na manhã desta segunda-feira (17) que a saída de Joaquim Levy da presidência do BNDES e do advogado Marcos Barbosa Pinto da diretoria de Mercado de Capitais do banco é "uma covardia sem precedentes".

Resultado de imagen para Maia diz que saída de Levy e de diretor do BNDES é 'covardia sem precedentes'

Levy pediu demissão neste domingo (16), um dia após o presidente Jair Bolsonaro ter dito em entrevista coletiva que ele estava com a "cabeça a prêmio". Bolsonaro cobrava de Levy a demissão de Marcos Pinto, que renunciou no sábado após a fala do presidente. "Uma pena o Brasil ter perdido dois nomes como os do advogado e do Levy. Acho uma covardia sem precedentes", disse Maia. "Levy veio de Washington [onde ocupava cargo de diretor do Banco Mundial] para trabalhar no governo. Está errado [sair assim], não pode tratar as pessoas deste jeito. Se é para demitir, chama e demite.

 

 

Ninguém é obrigado a ficar com um servidor de confiança se deixou de ser de confiança. Agora, tratar da qualidade dos dois desta forma, eu achei muito ruim", disse Maia.

Em evento promovido pela BandNews, Maia afirmou que, com a saída de Levy da presidência do BNDES, cabe ao ministro da Economia, Paulo Guedes, controlar a situação. "Quem tem que segurar firme é quem nomeou, e foi o ministro", disse Maia.

"Acho que o Guedes errou, mas já está passado, já está decidido. Eu queria que o Marcos Pinto pudesse ser aproveitado em uma área de um debate importante sobre economia com viés social. Ele é um dos melhores do Brasil que entende desta área, é uma pena que foi feito desta forma", completou o presidente da Câmara.

Rodrigo Maia critica a forma como aconteceu a saída de Levy e de Marcos Pinto do BNDES
Jornal Hoje
--:--/--:--
Rodrigo Maia critica a forma como aconteceu a saída de Levy e de Marcos Pinto do BNDES

Rodrigo Maia critica a forma como aconteceu a saída de Levy e de Marcos Pinto do BNDES

Ao blog da colunista Andreia Sadi, Maia afirmou ter ficado "perplexo" com o tratamento dado por Paulo Guedes a Joaquim Levy. Segundo integrantes da equipe econômica, o substituto de Levy será indicado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e deve ser da iniciativa privada.

Bolsonaro, segundo Paulo Guedes, tinha "angústia" por Levy ter escolhido para o banco "nomes ligados ao PT". Marcos Pinto é respeitado entre economistas e técnicos. Segundo o jornal "Valor Econômico", ele é mestre em direito pela Universidade de Yale (EUA) e doutor pela Universidade de São Paulo (USP).

Também em São Paulo, em outro evento, o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, defendeu a decisão da demissão de Levy como um direito do presidente, Jair Bolsonaro.

“Isso é um direito que o presidente tem, o presidente é quem nomeia. Houve ali uma incompatibilidade ali de gênios, né? Não houve sintonia entre o que desejava o presidente e como trabalhava o de Levy. É uma pessoa que a gente respeitar, tomou uma decisão que a gente respeita e vida que segue”, disse Onyx.

Rodrigo Maia participa do Fórum BandNews em São Paulo — Foto: Tahiane Stochero/G1Rodrigo Maia participa do Fórum BandNews em São Paulo — Foto: Tahiane Stochero/G1

Rodrigo Maia participa do Fórum BandNews em São Paulo — Foto: Tahiane Stochero/G1

 

Votação da reforma da Previdência

 

Maia falou ainda que a reforma da Previdência deverá ser votada na comissão especial da Casa no próximo dia 26. E acrescentou que a crise com Paulo Guedes na sexta-feira, quando o ministro criticou a Câmara por tirar a capitalização da proposta, foi boa porque uniu a Casa, e a proposta deixou de ser a proposta do governo para ser a proposta do Congresso. “Ninguém tem a proposta perfeita.”

 

G1 GLOBO

Última actualización el Lunes, 24 de Junio de 2019 17:11
 

Add comment


Security code
Refresh

El regreso del kirchnerismo, malo para A

Indicado en la materia

Por ROBERTO ÁLVAREZ QUIÑONES.-  El regreso del kirchnerismo al poder, decidido en las urnas el 27 de octubre, es una vergüenza para Argentina. El pueblo de dicho país es educado, uno de los má...

Contra las disculpas del miedo

Indicado en la materia

Por ANDRÉS REYNALDO.-  Como otros jóvenes con inquietudes intelectuales en La Habana Vieja de los años 60 y 70, conocí a José Lezama Lima y a Virgilio Piñera. Las diferencias de edad,  prestigio y ...

La nueva medida del Gobierno cubano será

Indicado en la materia

Por DIMAS CASTELLANOS.- La medida anunciada por el Gobierno el 15 de octubre, con el objetivo declarado de captar las divisas para la industrialización, tiene como objetivo velado —aunque mal disimulado— eliminar al...

Los comunistas querían destruir a Chile

Indicado en la materia

Por CARLOS A. MONTANER.- Dice Andrés Oppenheimer, el primer analista de la realidad latinoamericana en Estados Unidos, que los motines callejeros chilenos son la expresión de la revuelta de una sociedad ...

Latinoamérica bajo ataque. ¿Hasta cuándo

Indicado en la materia

  Por Jorge Hernández Fonseca.-  Estados Unidos y el Primer Mundo en general no van a intervenir en Nuestra Región para resolvernos los problemas. Sus bancos ganan mucho prestando dinero para solucionar ...

A 30 años del desplome del Muro de Berlí

Indicado en la materia

Por Vicente Echerri.-  No puedo creer que hayan pasado 30 años desde que derribaran el Muro de Berlín que daría paso al derrumbe del mundo comunista en Europa Oriental y en la...

Las etapas probables del Futuro de Cuba

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.- Mañana 10 de Octubre no sucederá nada importante para el país. Lo importante vendrá con la desaparición física del último Castro Ruz al frente de los dest...