La industria azucarera cubana pone en marcha un antiguo plan de generar electricidad con bagazo de c

La primera planta bioeléctrica de Cuba, que genera electricidad a partir la ...

Juan Guaidó es recibido en Bogotá por el presidente Iván Duque y se reunirá con Mike Pompeo

El presidente interino de Venezuela, Juan Guaidó, llegó por sorpresa este domingo ...

Venezuela: Ante la alarmante deserción, el ministro de Defensa ordenó convencer a los soldados de re

Intentos desesperados hace la Fuerza Armada Nacional Bolivariana (FANB) para evitar el ...

Donald Trump elogió el acuerdo comercial de EUA con China: “Es un éxito increíble para todo nuestro

El presidente Donald Trump elogió el domingo el acuerdo comercial con China ...

FMI melhora previsão de crescimento do Brasil em 2020 e vê recuperação da economia global

O Fundo Monetário Internacional (FMI) melhorou a previsão para o crescimento da ...

Almagro responde acusações de Cuba e diz que não ouviu críticas (da ilha) a Trump PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Viernes, 24 de Febrero de 2017 14:25

Washington, 23 fev (EFE).- O secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), Luis Almagro, disse nesta quinta-feira que não ouviu críticas dos governos de Cuba e da Venezuela em relação ao presidente dos Estados Unidos, Donald Trump.

Resultado de imagem para luis almagro rosa maria paya

"Não escutei eles criticando Trump. E, sejamos sinceros, a OEA leva uma vantagem bastante grande nesse sentido", afirmou Almagro hoje, em Washington, em entrevista à Agência Efe. As declarações foram uma resposta do ex-chanceler uruguaio a Cuba, que acusou a OEA de manter um "silêncio cúmplice" enquanto "se expandem no hemisfério ideias isolacionistas e protecionistas, de deterioração ambiental, de discriminação religiosa e racial, de insegurança e a repressão brutal".



Almagro disse que as acusações de Cuba estão equivocadas e sugeriu que Havana faça revisões antes de fazer pronunciamentos como esses. O secretário-geral afirma que tanto ele como o Conselho Permanente da OEA fizeram críticas ao muro de Trump na fronteira com o México e às medidas migratórias da nova Casa Branca.

"O muro já tem 650 milhas, e 28 países da OEA já fizeram uma declaração contrária a esse muro em 2006. A imigração não é só mexicana, mas também centro-americana e sul-americana", afirmou.

O ex-chanceler uruguaio disse que a OEA vai continuar trabalhando em alternativas de cooperação com os EUA sobre as causas da migração no continente, modo que, na avaliação dele, é a melhor forma de resolver o problema.

Perguntado sobre a relação entre EUA e Cuba no governo Trump, Almagro se limitou a dizer que a OEA quer "as melhores relações entre os países do continente e as melhores com Cuba".

"Não quero que ninguém trabalhe sobre estigmatizações nem isolamento de nenhum tipo. Defendo que a OEA tenha a maior quantidade de pontes possíveis", disse Almagro.

UOL.COM.BR

 

Add comment


Security code
Refresh

“Clandestinos” Un análisis

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Como golpes transgresores y públicos, las acciones de Clandestinos son como bocanadas de aire puro y fresco que la sociedad cubana de dentro de la isla aporta la...

Crece la polémica sobre la identidad de

Indicado en la materia

Por LUZ ESCOBAR / MARIO J. PENTÓN.- La duda, la polémica y la pasión rodean a Clandestinos, un grupo anónimo que, a través de las redes sociales, asegura haber vertido sangre de...

Cuba y América Latina: confluencia en el

Indicado en la materia

Por RUT DIAMINT LAURA TEDESCO.-  En los últimos meses de 2019, asistimos a una inesperada ola de descontento popular contra presidentes que manipulaban el discurso democrático o atropellaban derechos. En todos los ca...

Cómo, por qué y cuándo terminará la dict

Indicado en la materia

Por CARLOS A. MONTANER.- En diciembre, poco antes de terminar el año 2019, el régimen anunciaba que la Asamblea Nacional del Poder Popular había elegido a un primer ministro, naturalmente, "por ...

Cuba 2020

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Hay dos aspectos conjugados en el llamado “problema cubano”. El primero es derivado de un uso arbitrario del poder político por parte del castrismo. Dictadura política con de...

Cuba castrista: ¿Es este el País que que

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  ¿Son bien nascidos en tierras cubanas policías políticos que, violando sus propias leyes comunistas, formuladas a bombo y platillo en su constitucion castrista, encarcelen, desaparezcan y torturen a ...

Las etapas probables del Futuro de Cuba

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.- Mañana 10 de Octubre no sucederá nada importante para el país. Lo importante vendrá con la desaparición física del último Castro Ruz al frente de los dest...