Valiente carta-denuncia de los campesinos independientes cubanos a la Comision de Derechos Humanos d

"En Cuba se nos avecina una hambruna que puede ser evitada", alertaron ...

Detuvieron a Abdalá Bucaram, ex presidente de Ecuador, dos días después de anunciar su candidatura e

Abdalá Bucaram, ex presidente de Ecuador y candidato en las próximas elecciones, ...

Venezuela recibió 13 toneladas de ayuda humanitaria procedente de la Unión Europea

Venezuela recibió este martes 13 toneladas de ayuda humanitaria procedente de la ...

Un informe del propio gobierno ruso advierte que la vacuna anunciada por Vladimir Putin no es segura

Un informe publicado el martes en el sitio web del ministerio de ...

Argentina e México produzirão a vacina de Oxford para a América Latina, exceto Brasil que ja tem aco

A Argentina e o México, em parceria com o laboratório AstraZeneca irão ...

Dúvidas sobre a contratação de médicos cubanos no Brasil PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Jueves, 06 de Junio de 2013 08:44

Soa mesmo estapafúrdias as ideias e planos do governo petista do ex-presidente Lula, Dilma e outros companheiros de importar médicos de Cuba para atender no interior do Brasil.

Parece sem importância, mas minha curiosidade fica novamente aguçada. Findo o contrato, eles deverão retornar para casa. Quanto aos ganhos por estes médicos aqui auferidos, teria o regime dos irmãos Castro alguma parcela nesses proventos, ou não? O mundo todo sabe que o regime cubano controla até mesmo o pensamento do cidadão. Bens e dinheiro então nem se fala. Será que esses sagrados salários  e  direitos dos profissionais constarão no contrato com o regime de Cuba?

 

Soa mesmo estapafúrdias as ideias e planos do governo petista do ex-presidente Lula, Dilma e outros companheiros de importar médicos de Cuba para atender no interior do Brasil. A única vantagem que vejo no projeto é o possível  custo na contratação desses profissionais, considerando as condições sócio-econômicas e políticas do país de origem. E aí fica até esta dúvida, esta questão! Qual seria o salário pago a esses profissionais? Diz-se que o contrato é temporário, de dois anos.

Em recente artigo do ministro da saúde, Alexandre Padilha, publicado em jornais de grande circulação foi expresso por ele que países europeus como Espanha, Holanda, França e Reino Unido contratam médicos de nações vizinhas. Esqueceu nosso gestor-mor da saúde( dr Padilha)  citar que são profissionais oriundos de faculdades altamente qualificadas. Trata-se de outro contexto, outra realidade sócio-cultural e econômica. Além desses contratados passaram por teste de capacitação profissional no país contratante.

A qualidade na formação de muitas escolas médicas no Brasil, todos já sabemos, é de razoável a péssimo padrão, como atestam os exames aplicados aos graduandos e recém-formados. As escolas de Cuba encontram-se em nível muito pior do que as nossas. Um médico para trabalhar em cidades do interior como querem os petistas, necessita ter ótima formação em clínica médica, em pediatria, em ginecologia-obstetrícia e pequenas e médias cirurgias. Causa-nos estranheza maior, ainda,  a tese de nossos gestores da saúde de trazer profissionais de fora sem o exame revalida, destinado a avaliar a formação e aptidão desses médicos, com diplomas sabe-se lá de que faculdade de ensino superior. A mim parece expor as pessoas do SUS a mais risco de erros médicos.

Não custa lembrar que  médico não é um despachante de saúde, que apenas recebe o cliente , prescreve-lhe exames e drogas e pronto. Ao contrário disso, o sucesso e bons resultados decorrem de uma boa relação médico/paciente duradoura. Para tanto ,além de vocação, o médico necessita acima de tudo de uma rígida formação ética e técnico-científica. Fica então muitas indagações desse escuso e destrambelhado ( aloprado) plano do PT. Como serão os atendimentos de brasileiros do interior feitos por médicos de outro idioma, com formação técnico-científica inferior à nossa e com uma estada de apenas dois anos nessas comunidades?

Torna-se difícil acreditar em bons resultados dessa empreitada. Entre tantos entraves nesse projeto vem-me à memória outro de não menos gravidade. E as questões éticas, disciplinares e mesmo legais nos possíveis erros médicos desses profissionais. Eles responderão junto aos conselhos de medicina e justiça? E para tanto ficarão retidos no Brasil por mais de dois anos? Ou no lugar deles responderão nossos gestores e políticos que os contrataram?

Na verdade o que me cheira é que os petistas além do desejo de aumentar o prestígio com a ditadura de Fidel Castro querem encobrir mazelas crônicas que eles teimam em não dar soluções duramente amargadas e choradas por usuários do SUS. Além de equipar bem tecnicamente os hospitais , as UPA, os CAIS, torna-se urgente e necessário remunerar de forma ética e honesta todos os procedimentos feitos pelos médicos.

Médicos para todos existem . O  que falta são condições seguras e humanas de trabalho. Para estimular os médicos a  se fixarem no interior basta instituir a carreira de estado para médico, como é feita para juízes e promotores. Aí sim todos terão médicos de qualidade, não por dois anos, mas para toda a vida.

O governo e congresso não liberam mais dinheiro para a saúde. Agora, para a FIFA, futebol e CBF....Bem, aqui trata-se de outro reino, outra seara. São bilhões na construção de estádios . Além das propinas para cartolas e políticos mancomunados com o esporte. Passada a Copa 2014, estas mastodônticas arenas como os de Brasília, Mato Grosso e Manaus serão como a transamazônica . Serão bilhões que não servirão em nada para o social ou melhoria da vida dessas cidades, porque  futebol nessas unidades da Federação  só de 3ª divisão e ruim. Junho/2013

Tomado do DM.COM.BR

(João Joaquim de Oliveira, médico e cronista DM. Esta dirección electrónica esta protegida contra spam bots. Necesita activar JavaScript para visualizarla )

Última actualización el Jueves, 06 de Junio de 2013 09:10
 

Add comment


Security code
Refresh

Cuba, hacia la deuda pública

Indicado en la materia

Por ELÍAS AMOR.-  Hace unos días, las titulares de Finanzas y Precios y del Banco Central de Cuba comparecieron en el programa televisivo Mesa Redonda para dar a conocer las acciones a impulsar po...

¿Qué lógica tiene un plan hasta 2030?

Indicado en la materia

Por ORLANDO FREIRE SANTANA.-  Durante la más reciente reunión del Consejo de Ministros, fue presentado el Plan Nacional de Desarrollo Económico y Social hasta el 2030. Alejandro Gil, ministro de Economía y Pl...

Cuba necesita una verdadera apertura al

Indicado en la materia

Por YOANI SÁNCHEZ.- Amolador, aguador, herrero… No, no es el listado de ocupaciones de una aldea medieval, sino algunas de las 123 ocupaciones que han podido ejercerse de manera privada en Cu...

Nosotros somos el enemigo

Indicado en la materia

Por PEDRO CORZO.- Los extremos se confunden. Parece que en un momento determinado se transforman en un solo objeto, desarrollo que estamos apreciando en este país de tolerancia, donde los discursos ...

EUA detiene la llegada de dólares al cas

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  En vista que en EUA hay elecciones en poco más de tres meses, es muy claro que el voto cubano en la Florida estará dividido entre los qu...

La dolarización castrista. Un análisis

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.- Las medidas tomadas por la dictadura para paliar su crisis económica tienen varias facetas de análisis, la principal de las cuales es la evidencia de haberse tomado (est...

La miopía del Partido Demócrata de los E

Indicado en la materia

  Por Jorge Hernández Fonseca.-  Tanto ANTIFAS como BLM son organizaciones marxistas y están muy conscientes de la necesidad de aprovechar cualquier incidente para provocar artificialmente las protestas e incitar a la ...