La crisis del socialismo cubano-venezolano, obliga al castrismo a abrir campo al sector privado

A solo cuatro días de la celebración del referendo sobre futura Constitución de ...

Maduro cierra frontera con Brasil y evalúa hacer lo mismo con Colombia

El gobierno de Nicolás Maduro anunció este jueves el cierre total de ...

Un alto general venezolano llama a la rebelión y se pone a las órdenes de Guaidó

El mayor general Hugo Armando Carvajal Barrios lanzó un pronunciamiento público en ...

El fiscal especial ultima el informe sobre la trama rusa y el entorno de Trump

La investigación de la trama rusa, es decir, las pesquisas sobre la ...

Rússia reconhece que fim de Maduro pode estar próximo na Venezuela

Mesmo que não tenha desistido da defesa explícita de Maduro, Moscou reconhece ...

Notícias: Brasil
GOOGLE FECHA O USO DE "GOOGLE ANALYTICS" EM CUBA PARA EVITAR SEU USO PELA POLICÍA POLÍTICA CONTRA OS CUBANOS PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Jueves, 21 de Junio de 2012 08:50

HAVANA — Cuba denunciou o fechamento, por parte do Google, do acesso da ilha a seu serviço de estatísticas "Google Analytics", classificando a medida como "escandalosa censura".

Para Christopher Sabatini, director de Políticas Públicas do "Americas Society / Council of the Americas", as restrições ao Google Analytics não estão motivadas pelo embargo. “O governo cubano podería usar o serviço para espiar o tráfico web de seus cidadãos e identificar os que são contra o governo”, disse. “Não querem que o governo receba a informação através de Google”.

Última actualización el Sábado, 23 de Junio de 2012 12:19
 
SONDAGEM: 70% DOS CUBANOS GOSTARIAM DE UMA MUDANÇA DO RÉGIME POLÍTICO NA ILHA PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Viernes, 08 de Junio de 2012 11:08

A maioria dos cubanos deseja uma mudança no sistema político que permita a realização de eleições multipartidárias, uma maior abertura à democracia e a garantia da liberdade de expressão.
Reportagem em Cuba: Havana [foto de Catarina Pereira]
São estas as principais conclusões de uma sondagem realizada de forma secreta pelo Instituto Republicano Internacional (IRI), um grupo que recebe fundos do governo norte-americano e que conseguiu fintar a proibição de realização de inquéritos fora da dependência do governo cubano.

Última actualización el Sábado, 16 de Junio de 2012 21:43
 
Dias do Governo de Chávez "estão contados" PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Viernes, 08 de Junio de 2012 11:06

 

Dias do Governo de Chávez "estão contados"

O presidente do Banco Mundial, Robert Zoellick, afirmou na quinta-feira que os dias do regime do presidente venezuelano, Hugo Chávez, estão "contados" e que, sem o seu apoio, os Governos de Cuba e da Nicarágua terão dificuldade em sobreviver.

"Os dias de Chávez estão contados. E se os seus subsídios para Cuba e Nicarágua forem eliminados, esses regimes ficarão numa situação difícil. Os democratas da América Latina" deverão preparar-se, declarou Zoellick, em Washington, numa cerimónia para assinalar o 30.º aniversário do centro de análise Diálogo Interamericano.

O presidente do Banco Mundial defendeu que os "apelos à democracia para por fim às intimidações, para o retorno ao respeito pelos direitos humanos, para eleições justas e um Estado de Direito, deverão vir de todas as capitais".

O Governo de Chávez é o principal aliado da Nicarágua desde o retorno ao poder do presidente da extrema-esquerda, Daniel Ortega, em 2007, e envia para Cuba 100 mil barris de petróleo por dia.

Zoellick, que deixa o cargo de presidente do Banco Mundial no final do mês, apelou à América Latina para aproveitar a "oportunidade" de fazer do continente americano uma região "democrática", um espaço de "desenvolvimento e de dignidade" e não de "golpes de Estado, de caudilhos e cocaína".

 
COM A INTERNET PROIBIDA NA ILHA, OS CUBANOS SO TÊM ACESSO A INTRANET LOCAL PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Sábado, 16 de Junio de 2012 11:16

O governo cubano monopoliza as comunicações e controla a economia. Não há banda larga de Internet e os poucos usuários da Internet sofrem com longas esperas para abrir um email ou ver uma foto ou um vídeo, o que também prejudica o governo e as operações empresariais.

O número de cubanos ligados à intranet controlada pelo Estado (Intranet) saltou mais de 40% em 2011, em comparação com o ano anterior, e o uso de telefone celular subiu 30%, informou o governo. A população de Cuba, no entanto, permanece excluída do acesso à internet.

Última actualización el Jueves, 21 de Junio de 2012 12:33
 
Corrupção na ilha: Cuba demite dois ministros por suposto caso de corrupção PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Sábado, 16 de Junio de 2012 11:22

HAVANA - O governo cubano demitiu os ministros de Informática e Comunicações e de Indústria Básica. Apesar de não ter explicado as demissões, Raúl Castro teria destituído os funcionários por suposto envolvimento com corrupção, os dois fariam vista grossa para esquemas ilegais em suas pastas.

Segundo o jornal "Granma", o ministro de Informática e Comunicação Medardo Diaz Toledo, no cargo desde janeiro do ano passado, vai voltar para forças armadas e será substituído por seu vice. Tomas Benitez Hernandez, da Indústria, deve ser sucedido por um deputado. Na nota, o governo se limitou a dizer que Hernandez exercerá novas tarefas, mas não especificou quais.

Desde que assumiu a Presidência, em 2008, Raúl Castro realizou uma série de restruturações no governo, que incluiu a saída de dezenas de ministros, e a fusão ou a eliminação de algumas pastas, numa tentativa de tornar o governo mais enxuto e eficiente.

O Ministério de Informática e Comunicações é responsável por um cabo de fibra ótica financiado pela Venezuela, que chegou a Cuba no ano passado para contornar uma lei que endureceu o embargo americano e estaria prejudicando o acesso à internet na ilha. Caracas diz que o cabo está funcionando, mas Havana não faz menção a seu uso, insistindo que vai favorecer o uso social da rede, em detrimento do uso privado.

Já o Ministério da Indústria Básica é visto como um dos mais importantes do governo por ser responsável pelo contrato de investidores estrangeiros para a exploração e a perfuração de petróleo em águas cubanas no Golfo do México, cujas reservas são estimadas em 20 mil barris de óleo.

Última actualización el Sábado, 16 de Junio de 2012 11:25
 
«InicioPrev681682683684685686687688689690PróximoFin»

Página 685 de 749