Un año sin Fidel Por Carlos Alberto Montaner

Hace un año que se anunció la muerte de Fidel. Parece un ...

Chile: Piñera gana la primera vuelta pero no consigue la mayoría

El expresidente Sebastián Piñera y el senador independiente Alejandro Guillier disputarán la ...

Al menos cuatro detenidos en Venezuela, acusados de colaborar en la fuga de Antonio Ledezma

Al menos cuatro personas han sido detenidas tras ser acusadas de colaborar ...

Estupor en Zimbabue ante la no dimisión de Mugabe

Muchos creían que este domingo sería el final de una era: tras ...

Igreja denuncia mortes à fome e por falta de medicamentos na Venezuela

"Nesta época difícil, quando há gente a morrer por falta de medicamentos, ...

Notícias: Brasil
Obama encorajou Lula a um acordo com o Irã PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Sábado, 22 de Mayo de 2010 12:07

Por documento, presidente americano disse que acerto geraria “confiança”

Há duas semanas, antes de ser firmado o acordo entre Brasil, Irã e Turquia sobre troca de combustível nuclear, o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama enviou uma carta ao seu colega Luiz Inácio Lula da Silva. O texto diz que um eventual acerto criaria “confiança”.

O Brasil alega que a carta de Obama inspirou a maioria dos pontos da Declaração de Teerã. Em trechos do documento, obtidos pela agência Reuters, Obama retoma os termos do acordo que o Grupo de Viena havia proposto no ano passado, cujos principais elementos constam no acerto fechado na segunda-feira.

– Do nosso ponto de vista, uma decisão do Irã de enviar 1,2 mil quilos de urânio de baixo enriquecimento para fora do país geraria confiança e diminuiria as tensões regionais por meio da redução do estoque iraniano de urânio levemente enriquecido – diz Obama.

Apesar disso, após o anúncio do acordo, os EUA anunciaram que os cinco membros permanentes do Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (EUA, Grã-Bretanha, França, China, Rússia) concordaram com um esboço de resolução contendo novas sanções ao Irã.

– Para iniciar um processo diplomático construtivo, o Irã precisa transmitir à AIEA um compromisso construtivo de engajamento, através dos canais oficiais, algo que não foi feito até o momento. No meio tempo, insistiremos na aprovação de sanções – afirmou, segundo a Reuters.

A Presidência da República confirmou a existência do documento, mas não revelou seu conteúdo. O ministro das Relações Exteriores do Brasil, Celso Amorim, afirmou ontem que Obama sugeriu a Lula que negociasse com o Irã. O chanceler brasileiro conversa com vários colegas para evitar as sanções contra o Irã. O ministro brasileiro já falou com representantes de Rússia, China, Áustria, Bósnia, Japão, Grã-Bretanha, Uganda e Turquia.

Brasília
  • anterior
  • lista
  • |
  • imprimir
  • |
  • enviar
  • |
  • letra A - | A +
  • próxima
Última actualización el Sábado, 22 de Mayo de 2010 12:09
 
Cuba deixa em liberdade dissidente condenada por briga familiar PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Sábado, 15 de Mayo de 2010 13:48

A Justiça cubana deixou em liberdade nesta sexta-feira uma dissidente ligada ao grupo Damas de Branco que havia sido condenada a 20 meses de prisão por uma disputa familiar. A oposição considerou a decisão uma vitória.

Última actualización el Sábado, 15 de Mayo de 2010 13:55
 
Uribe censura interferência de Chávez nas eleições colombianas PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Miércoles, 28 de Abril de 2010 11:17

O presidente Alvaro Uribe denunciou a indevida interferência do governo venezuelano em assuntos da Colômbia, depois que seu colega venezuelano Hugo Chávez pediu que os colombianos não votem no candidato da situação, Juan Manuel Santos, nas eleições presidenciais de maio.

Última actualización el Miércoles, 28 de Abril de 2010 11:21
 
Escritora cubana lidera protesto das Damas de Branco em Paris PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Miércoles, 19 de Mayo de 2010 11:24

A escritora cubana Zoe Valdés liderou nesta terça-feira um ato de apoio às Damas de Branco cubanas. O evento contou com o apoio da prefeitura de Paris, da organização Repórteres Sem Fronteiras (RSF) e da Federação Internacional de Direitos Humanos (FIDH).

Última actualización el Miércoles, 19 de Mayo de 2010 11:39
 
BOLIVIA: PRINCIPAL CENTRAL SINDICAL CONVOCA GREVE GERAL INDEFINIDA CONTRA EVO MORALES PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Sábado, 08 de Mayo de 2010 12:15

A Central Operária Boliviana (COB), principal força sindical da Bolívia, convocou uma greve por tempo indeterminado, a partir de segunda-feira, exigindo melhores salários. Trata-se do primeiro distanciamento sério entre o presidente Evo Morales e parte de sua base de apoio - as centrais sindicais.

A greve, convocada pela COB na quinta-feira à noite, foi condenada pelo vice-presidente da Bolívia, Álvaro García Linera, que sugeriu que por trás da iniciativa está a embaixada dos Estados Unidos.

Última actualización el Domingo, 09 de Mayo de 2010 11:47
 
«InicioPrev651652653654655656657658659660PróximoFin»

Página 653 de 672