Sin reciprocidad no habrá normalización con Cuba, Por FRANK CALZÓN

La decisión del secretario de Estado estadounidense, Mike Pompeo, de reinsertar a ...

La caravana migrante que se dirige a los Estados Unidos se duplicó en Guatemala y ya está compuesta

Miles de migrantes que viajan a pie desde Honduras rumbo a Estados ...

Nicaragua: Cristiana Chamorro sueña con repetir la victoria de su madre ante Daniel Ortega: “Es urge

Cristiana Chamorro no es, por ahora, candidata a nada. Ni siquiera precandidata, ...

Se intensifica la guerra en Siria por una nueva ofensiva del Estado Islámico contra objetivos del ré

Transcurridas las dos primeras semanas de enero, los combatientes del Estado Islámico ...

Brasil: Anvisa diz que vacina russa não cumpriu requisitos e barra seu uso emergencial

A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) não liberou o uso emergencial da...

Ministério não determina data da vacinação contra Covid, mas diz que campanha só começa quando vacina chegar a todas as capitais PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Jueves, 14 de Enero de 2021 01:18

O secretário-executivo do Ministério da Saúde, Élcio Franco, disse nesta quarta-feira (13) que a campanha de vacinação contra a Covid-19 deverá começar ao mesmo tempo em todas as capitais, sem privilegiar os estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, onde ficam o Instituto Butantan e a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), instituições que irão produzir as vacinas do Plano Nacional de Imunização (PNI).

Rússia começa vacinação em massa contra covid-19 | Notícias internacionais  e análises | DW | 05.12.2020

Por enquanto, o governo federal não definiu uma data para o início da imunização nacional. A reunião da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para definir a autorização emergencial das vacinas do Butantan e da Fiocruz está prevista para este domingo (17). No sábado (9), a agência informou que aceitou a documentação enviada pela Fiocruz, mas pediu mais informações para o Instituto sobre a CoronaVac.

 

"Eu não posso esperar chegar a 5 mil municípios, 38 mil salas de vacinação, para então startar a vacinação. Então, vai começar quando chegar nas capitais. É essa a ideia." explicou.
"É uma equação com várias variáveis. O primeiro aspecto é a aprovação da Anvisa. Estamos aguardando ansiosamente a aprovação das duas vacinas solicitadas, Butantan e AstraZeneca. Vamos começar a vacinação simultaneamente nos 26 estados e no DF. Não vamos começar por um estado só, vai começar em todos ao mesmo tempo".

Dezenas de países já começaram a vacinação contra o coronavírus. O Brasil, apesar de ter contrato com a vacina da AstraZeneca/Universidade de Oxford, produzida pela Fundação Oswaldo Cruz, ainda não conseguiu aprovar o produto e iniciar a imunização. Nesta quarta-feira, em visita a Manaus, o ministro da saúde, Eduardo Pazuello, disse que um avião irá decolar para buscar 2 milhões de doses prontas da vacina na Índia.

Anvisa se reúne neste domingo (17) para definir autorização emergencial das vacinas
00:00/04:07

Anvisa se reúne neste domingo (17) para definir autorização emergencial das vacinas

Pazuello no Amazonas

Ainda durante a visita ao Amazonas, o ministro disse que, em janeiro, o governo terá 8 milhões de doses de dois tipos de vacina contra a Covid-19. Serão 6 milhões de doses da CoronaVac, imunizante produzido pelo Butantan em parceria com o laboratório Sinovac, e outras duas milhões de doses da vacina de Oxford, as mesmas que o avião deverá trazer da Índia.

Pazuello afirmou ainda que vai levar de 3 a 4 dias para iniciar a distribuição do imunizante ao estados após a aprovação da Anvisa.

"A Anvisa vai se pronunciar no dia 17. Se a Avisa se alongar, para o dia 21 ou 22, botem os números pra frente, mas é janeiro [que começa a vacinação]", afirmou.

Avião para buscar 2 milhões de doses de vacina na Índia decola nesta quarta, diz Pazuello
--:--/--:--

Avião para buscar 2 milhões de doses de vacina na Índia decola nesta quarta, diz Pazuello

Previsão anterior

No final de dezembro, Élcio Franco havia dito que a vacinação começaria entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro.

"Na melhor hipótese, nós estaríamos começando a vacinação a partir do dia 20 de janeiro. Num prazo médio, entre 20 de janeiro e 10 de fevereiro. E no prazo mais longo, a partir de 10 de fevereiro", disse o secretário-executivo.

"Nós precisamos que os fabricantes obtenham o registro junto à Anvisa, e que eles entreguem doses suficientes para que sejam distribuídas. Se o distribuidor obter o registro e eventualmente não tiver dose para distribuir... entenda. O Ministério da Saúde enquanto Ministério da Saúde tem feito a sua parte, fizemos o plano [nacional de imunização], estamos com a operacionalização pronta, nos preparando para esse grande dia, mas precisamos que os laboratórios solicitem o registro".

Profissional de saúde prepara dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. — Foto: Gil Cohen-Magen/AFP

Profissional de saúde prepara dose da vacina contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. — Foto: Gil Cohen-Magen/AFP

Memorando de intenções

Em 10 de dezembro, o Ministério da Saúde anunciou que assinou o "memorando de intenções" para a compra de 70 milhões de doses da vacina da Pfizer em parceira com a alemã BioNTech. Segundo a farmacêutica americana, uma reunião foi realizada com a Anvisa quatro dias depois, em 14 de dezembro. Devido à quantidade de documentos exigidos para o pedido de uso emergencial, a Pfizer informou que o formato de submissão contínua parece ser mais rápido.

No mesmo dia em que anunciou o "memorando de intenções" para a compra da vacina da Pfizer, o Ministério da Saúde informou que também há um acordo semelhante para uso da CoronaVac, desenvolvida pela farmacêutica chinesa Sinovac, em parceria com o Instituto Butantan. A vacina tem contrato de fabricação já firmado com o Governo do Estado de São Paulo, de João Doria.

Na última quinta (7), o Butantan confirmou que assinou um contrato com o Ministério da Saúde para a aquisição de doses da CoronaVac. O documento prevê o fornecimento de 46 milhões de doses, em quatro entregas até o dia 30 de abril. Há ainda a possibilidade de o órgão federal adquirir do instituto outras 54 milhões de doses, totalizando 100 milhões.

 

G1 GLOBO

Butantan divulga eficácia geral da CoronaVac: 50,38%
--:--/--:--
Última actualización el Viernes, 15 de Enero de 2021 01:34
 

Comments  

 
0 #4 Blair 2021-01-14 15:54
you're truly a excellent webmaster. The web site lading speed is incredible.
It sort of feels that you are doing any unique trick. Also, The
contents are masterpiece. you've performed a excellent
process on this matter!
homepage: https://www.mojeniemcy.de/user/profile/128668
Quote
 
 
0 #3 Morgan 2021-01-14 05:10
I love your blog.. very nice colors & theme.
Did you design this website yourself or did you hire somelne tto do
it for you? Plz respond as I'm looking to design myy own blog and would
like to know where u got this from. appreciate it
buy levitra professional web site: http://tabuausadabrasil.com/user/profile/28737 viagra professional online kaufen
Quote
 
 
0 #2 Helena 2021-01-14 04:14
I am really delighted too read this weblog posts which includes plenty of helopful facts, thanks foor
providing these knds of information.
Pump muscles web page: http://gotmypayment.mypayingsites.com/viewtopic.php?id=21925 build muscle
Quote
 
 
0 #1 Kacey 2021-01-14 02:37
I'm no longer positive tthe place you are getting
your information, but good topic. I must spend a wgile studying more or figuring out more.Thanks
for great information I ussed to be searching forr this info for my mission.
Biceps muscles web site: http://www.ffxiv-wiki.com/index.php?title=Id25_Title_Post_Is_Eat_Stop_Eat_Effective how to pump the press
Quote
 

Add comment


Security code
Refresh

Invertir en Cuba

Indicado en la materia

Por MANUEL HERNÁNDEZ.-  El habanero Manuel Hernández es el ganador del primer premio del concurso Empresario Cubano, organizado por el Observatorio Cubano de Conflictos y Apretaste! El certamen consistía en aconsejar a un...

Las dictaduras castrochavistas buscan ca

Indicado en la materia

Por Carlos Sánchez Berzain.- El siglo XXI en las Américas esta marcado por la recreación del castrismo convertido en castrochavismo, para la de agresión a las democracias y la simulación política de...

La 'Tarea Ordenamiento' desincentiva la

Indicado en la materia

Por RAFAELA CRUZ.-  La agricultura es un sector capital de la nación cubana por lo que representa para el millón de personas que en ella labora y lo que implica para los 11 mi...

La peligrosa estrategia del aprieta y af

Indicado en la materia

Por YOANI SÁNCHEZ.- Da media vuelta y se va con las manos vacías. La anciana se ha acercado a la empleada de una panadería estatal en una populosa calle de El ...

La tormenta perfecta: San Isidro más la

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  No es posible un ordenamiento monetario sin oferta de bienes o servicios. La validez de cualquier moneda se decide en el mercado, no en un escritorio burocrático. A ...

El “Isidrazo” y la crisis de legitimidad

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  En medio de semejante escenario degradante, un grupo de jóvenes artistas de un barrio marginal habanero, muchachos sin camisa y con gorra de peloteros, le plantan cara al...

San Isidro: Acabar con el ninguneo del g

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  En la carta que el “Movimiento 27N” ha hecho llegar a los medios de comunicación, se aclara que la discusión no es sobre “cultura” es sobre “libertad po...