La Habana monta una reunión exprés con sus aliados tras su exclusión de la Cumbre de las Américas

El Ministerio de Relaciones Exteriores (MINREX) de Cuba anunció la celebración de una reunión ...

El gobierno de Gabiel Boric le declaró la guerra al comercio ambulante: enfrentamientos y heridos en

Diversos operativos se han realizado en Santiago para erradicar el comercio ambulante ...

El dictador Nicolás Maduro volvió a acusar a Iván Duque de “ataques” a refinerías y al sistema eléct

El dictador de Venezuela, Nicolás Maduro, acusó este lunes al presidente colombiano, ...

En tres meses de guerra, Rusia ha perdido casi 30 mil soldados en batalla

En el día 90 de la invasión rusa, el Ministerio de Defensa de ...

Bolsonaro recorre de decisão de Toffoli e pede que ação contra Moraes seja analisada em plenário

O presidente Jair Bolsonaro (PL) recorreu nesta segunda-feira, 23, da decisão do ...

A democracia não está em vertigem, mas Caetano Veloso quer fazer os gringos de tontos PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Jueves, 30 de Enero de 2020 15:01

Por Mario Sabino.- 

Como era previsível, está circulando muito o vídeo que Caetano Veloso fez, em inglês, para cabalar votos no Oscar para o filme de propaganda petista “Democracia em Vertigem”, de Petra Costa, herdeira da Andrade Gutierrez, uma das empreiteiras amigas de Lula. Curiosamente, o filme concorre na categoria de melhor documentário, apesar de vender a mentira ultrajante de que o impeachment de Dilma Rousseff foi resultado de um golpe e que Lula foi condenado injustamente por um juiz em conluio com o candidato vencedor da eleição em 2018. No vídeo, Caetano Veloso diz:

Resultado de imagen de A democracia não está em vertigem, mas Caetano Veloso quer fazer os gringos de tontos"

“Eu nunca achei que na minha vida veria tanto retrocesso. Passei minha juventude lutando contra a censura no meu país e contra uma ditadura militar brutal, que me colocou na cadeia e matou e torturou muitas pessoas. Inacreditavelmente, agora vivo em outra situação dentro de uma democracia, na qual o fascismo mostra suas garras. O governo brasileiro não está só travando uma guerra contra as artes e seus criadores, mas contra a Amazônia e os direitos humanos no geral. Para que isso seja compreendido, eu gostaria de chamar sua atenção para um lindo filme cinematográfico de uma jovem brasileira, Petra Costa, que acaba de ser indicado para o Oscar, ‘Democracia em Vertigem’.”

 

 

A desonestidade intelectual de Caetano Veloso não tem mesmo limites. O próprio fato de ele fazer o vídeo e divulgá-lo — e não ser censurado, intimidado ou preso por isso — mostra que o fascismo não mostra, não, as suas garras. O que há no Brasil é democracia plena. Tão plena que, ora vejam só, até mentiras e omissões como as dele e de Petra Costa podem ser divulgadas livremente.

A realidade é que a democracia esteve em vertigem enquanto Lula e Dilma foram inquilinos no Planalto. Nem precisa fazer documentário, basta repetir o parágrafo de um artigo que escrevi para a Crusoé, em agosto do ano passado:

“No poder, Lula e seus seguidores tentaram criar um Conselho Federal de Jornalismo, para amordaçar a imprensa. Quiseram expulsar o americano Larry Rohter do Brasil, porque o correspondente do jornal The New York Times fez uma reportagem sobre o alto consumo etílico do petista. Tiraram da editora Abril publicidade de estatais, por causa da cobertura da Veja dos escândalos petistas. Instituíram o mensalão, esquema para comprar votos da base aliada com dinheiro público. Forjaram um dossiê contra José Serra, pago com dinheiro da Odebrecht (o nosso dinheiro, quer dizer). Financiaram, com recursos públicos, blogs sujos para manchar a reputação de jornalistas críticos ao governo. Aparelharam a máquina federal de alto a baixo. Criaram um Conselho Nacional de Justiça para tentar controlar magistrados independentes. Cumpliciados com as maiores empreiteiras do país, dilapidaram a Petrobras, para enriquecer pessoalmente e promover campanhas políticas com montanhas de dinheiro roubado, um claro atentado ao âmago da democracia representativa. Aliaram-se ao venezuelano Hugo Chávez e ao cubano Fidel Castro, além de outros tiranetes latino-americanos, para minar liberdades fundamentais e tentar perpetuar-se no poder. Ao final, Dilma Rousseff — criatura de Lula — destruiu a economia, botou milhões de brasileiros na fila do desemprego e promoveu uma enorme fraude fiscal para maquiar as contas do governo, contrariando a lei e cometendo o crime de responsabilidade que a levou ao impeachment.

A democracia não está em vertigem no Brasil, mas Caetano, Petra e sua turma tentam fazer os gringos de tontos. Não é improvável que consigam. Mas não conseguirão minar a democracia vigente no Brasil. Prêmio é prêmio, jogo é jogo.

OANTAGONISTA

Última actualización el Sábado, 22 de Febrero de 2020 02:24
 

Add comment


Security code
Refresh

Suecia y Finlandia entrarán en la OTAN

Indicado en la materia

Por CARLOS ALBERTO MONTANER.- Boris Johnson, el primer ministro del Reino Unido, dio la sensacional noticia. El miércoles 11 viajó a Suecia y Finlandia y firmó acuerdos de apoyo mutuo con am...

La explosión en el Hotel Saratoga: ¿otro

Indicado en la materia

Por JOSÉ LUIS REYES.-  La explosión ocurrida el pasado 6 de mayo en el céntrico Hotel Saratoga de La Habana ha derivado en una avalancha de reacciones y noticias en las que la ve...

La guerra de Putin contra Ucrania y el p

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Se dice que Rusia extenderá esta guerra hasta derrotar a Ucrania. Nada de esto será así. Después de la disposición norteamericana de entrar con 33 mil millones de...

Al garantizar la impunidad de los repres

Indicado en la materia

Por LUCÍA ALFONSO MIRABAL.-  El 19 de abril, la activista cubana Yanilys Sariego denunció que la Fiscalía Militar de Matanzas desestimó sus denuncias sobre las detenciones arbitrarias que sufrió los días 12 de...

Putin: ¿Nacionalista o Imperialista?

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Si la península de la Crimea era rusa y no ucraniana ¿por qué la propia Rusia la hizo formar parte de Ucrania cuando todas las repúblicas se se...

2022: Cuba castrista otra vez en el leta

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  El año 2022 a su vez viene cargado con dos probables hechos trascendentes: el desenlace final con la enfermedad de Raúl Castro por un lado, y la po...

Cuba: El 15 N en contexto

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Hay mucho rechazo al interior del ejército cubano por la actuación desfachatada y sin control de la policía política contra jóvenes manifestantes pacíficos. Hay rechazo al interior de...