Hasta 2.000 médicos cubanos podrí­an quedarse en Brasil tras el final de Más Médicos

Un grupo de 196 médicos regresaron este jueves a Cuba tras tres años ...

Cara de palo: Lula: 'Fui beneficiado por empresarios sin pedírselo'

El expresidente brasileño Luiz Inácio Lula da Silva afirmó este miércoles, en un ...

El Parlamento de Nicaragua autoriza la entrada de militares de Cuba y Venezuela

La Asamblea Nacional (parlamento) de Nicaragua ha autorizado este martes la entrada ...

Eurocámara condiciona acuerdo con Cuba a respeto de Derechos Humanos

El pleno del Parlamento Europeo (PE) recordó que el Acuerdo de Diálogo ...

Em interrogatório, Lula diz que não pagou por reformas porque não era dono do sítio em Atibaia

O ex-presidente é acusado de lavagem de dinheiro e de receber propina ...

Comença o Carnaval brasileiro hoje com desfiles das escolas de samba em SP PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Viernes, 13 de Febrero de 2015 11:48

Os desfiles das escolas de samba do Grupo Especial paulistano começam nesta sexta-feira (13) no Sambódromo do Anhembi, na Zona Norte de São Paulo.

Desfiles do carnaval em SP hoje

Os portões serão abertos às 17h e a programação terá início às 23h15, com o desfile da escola de samba Mancha Verde. Cada uma das 14 agremiações terá entre 55 e 65 minutos para percorrer toda a extensão da avenida. Além da Mancha, irão desfilar nesta sexta Acadêmicos do Tucuruvi, Tom Maior, Dragões da Real, Rosas de Ouro, Águia de Ouro e Nenê de Vila Matilde.



No sábado (14), será a vez de entrar na avenida Unidos de Vila Maria, Gaviões da Fiel, Mocidade Alegre, Império de Casa Verde, Acadêmicos do Tatuapé, Vai-Vai e X-9 Paulistana.

O Grupo de Acesso desfila no domingo (15), com mais oito apresentações: Tricolor Independente, Colorado do Brás, Unidos do Peruche, Camisa Verde, Imperador do Ipiranga, Morro da Casa Verde, Leandro de Itaquera e Pérola Negra. Diferente das agremiações do Grupo Especial, nesta categoria o tempo de desfile varia de 50 a 60 minutos. Neste ano, os critérios de avaliação de escolas de samba de SP estão mais flexíveis.

A escola levará para a avenida, a partir das 23h15 de sexta, o centenário do Palmeiras. Grandes ídolos do time alviverde serão homenageados. “Tem uma parte do samba enredo que fala de mim. Você parar de jogar e ter o carinho que eu tenho da torcida é uma coisa que me deixa sempre muito emocionado”, disse o goleiro Marcos, pentacampeão do mundo pela seleção.

A escola da Zona Norte levará à avenida, a partir da 0h25 de sábado, as marchinhas que animavam (e ainda agitam) os bailes e blocos de rua carnavalescos. “É um enredo que a gente vai contar a história do carnaval, um resumo da história do carnaval em cinco caros alegóricos. E as marchinhas vão ser o ritmo que vai embalar todo este espetáculo”, disse o carnavalesco Wagner Santos.

A alegria do universo infantil vai invadir a avenida, a partir das 2h45 com a Dragões da Real. “Teremos fadas, teremos duendes, teremos bruxas, teremos bruxos, teremos o grande continente perdido, a Atlântida. Teremos várias coisas que as pessoas duvidam da sua existência”, disse o carnavalesco Flávio Campelo.

No fim da madrugada de sábado, a escola de samba vai entrar na avenida homenageando os japoneses e sua relação com o Brasil. “A Águia vem fazendo uma grande celebração de dois povos amigos, Brasil e Japão, 120 anos de união”, afirmou o carnavalesco Claudio Cebola. A escola vai ressaltar o taiko, um tambor oriental típico. “É um instrumento de marcação, então tem tudo a ver com o samba”, afirmou o mestre Juca. Os integrantes da bateria irão fantasiados de tocadores de taiko. Além disso, ele vai ser homenageado em alegorias e até numa ala. “Vou tocar e sambar”, disse Mitsue, um dos músicos que irão desfilar.

A madrinha de bateria, a bela Miku Oguchi, por sinal, é japonesa. A jovem aprendeu a sambar no Japão. É lá que tem o maior carnaval fora do Brasil, o Asakusa. Que, é claro, vai ser homenageado pela Águia de Ouro. “Hoje o Japão tem escola de samba, tem sambista, passista, bateria, porta-bandeira, tocam cavaquinho, baixam música brasileira”, disse o carnavalesco Amarildo. Em um carro a escola vai falar do fenômeno mundial dos mangás, que são histórias em quadrinhos feitas no país. Também vai abordar os robôs e a tecnologia de ponta, a fé e a superstição.

G1

 

Última actualización el Sábado, 14 de Febrero de 2015 13:41
 

Add comment


Security code
Refresh

Tovarich Raúl, Rusia no es la URSS

Indicado en la materia

Por ROBERTO ÁLVAREZ QUIÑONES.-  Al parecer el dictador y la elite militar y civil de Cuba padecen un mal que bien pudiéramos llamar el síndrome del Quijote. Confunden el deseo con la...

Los efectos económicos del largo viaje d

Indicado en la materia

Por ELÍAS AMOR.-  Largo viaje de 11 días el que acaba de emprender Miguel Díaz-Canel rumbo a una serie de países, como Rusia, China, Vietnam, Corea del Norte y Laos. El Socialismo del Si...

Consecuencias de la victoria de Bolsonar

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  La victoria de Bolsonaro en Brasil significará el fin operativo del funesto “Foro de San Pablo”, creado por el difundo Fidel Castro y el actualmente encarcelado Lula da...

El partido único, una reliquia que (casi

Indicado en la materia

Por REINALDO ESCOBAR.- Muchas veces, detrás del ropaje de la soberanía y de la independencia, en realidad se esconden elementos calcados o impuestos desde otras latitudes. La reforma de la Constitución qu...

Las lecciones de la aplastante derrota p

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  La primera lección de este proceso electoral: se trata de una derrota personal de Lula da Silva. Desde que la justicia brasileña conminó a Lula a presentase ...

Brasil en la encrucijada

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  El plan de Cuba y Dirceu es financiar al PT en las elecciones actuales (mucho dinero) con vistas a, como él ha dicho al periódico “El País”, “t...

El Marxismo 2.0

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Así, políticos como Lula da Silva en Brasil, Bernnie Sandres en EUA, Hugo Chávez en Venezuela, Evo Morales en Bolivia, López Obrador en México, Gustavo Petro en Co...