EEUU sanciona a nueve funcionarios del régimen cubano por la represión del 15N

Estados Unidos impuso el martes restricciones de visa a otros nueve funcionarios cubanos ...

Brasil confirmó dos casos de COVID-19 de la nueva cepa Ómicron, los primeros de América Latina

La gobernación de San Pablo confirmó dos casos brasileños de la variante ...

Golpe de Maduro a la democracia: la Justicia chavista suspendió la proclamación del gobernador de Ba

La dictadura de Nicolás Maduro suspendió la proclamación del gobernador de Barinas, ...

Estados Unidos retiró oficialmente a las FARC de su lista de organizaciones terroristas extranjeras

El gobierno de Estados Unidos anunció este martes la retirada de las ...

Bolsonaro filia-se ao PL, de Valdemar Costa Neto, em aposta no “centrão” para 2022; acompanhe

O presidente Jair Bolsonaro participa, nesta terça-feira (30), de cerimônia de filiação ...

Cuba dá outro passo nas reformas ao permitir aluguéis de imobiliárias a cubanos, mas, de democracia nada! PDF Imprimir E-mail
Escrito por Indicado en la materia   
Viernes, 24 de Enero de 2014 09:03

Cuba deu outro passo em suas reformas ao autorizar nesta quarta-feira as imobiliárias a alugar casas e salas comerciais a cubanos, pondo fim a uma proibição de meio século, em uma medida que beneficia o florescente setor dos trabalhadores privados.

 (Enrique de la Osa/REUTERS)

Até agora só os estrangeiros residentes na ilha e as instituições (nacionais ou estrangeiras) podiam alugar imóveis de agências imobiliárias, que são estatais ou de capital misto (sociedade do Estado com uma empresa estrangeira).

A resolução, publicada no Diário Oficial, autoriza as "pessoas naturais e moradoras de Cuba" a contratar "os serviços de arrendamento de imóveis ofertados por entidades imobiliárias autorizadas".

Contudo, a resolução alerta que os cubanos não poderão alugar esses imóveis para usá-los como "escolas internacionais, agências de imprensa e organizações não-governamentais".Este é outro passo nas reformas econômicas de Raúl Castro e estima-se que beneficiará, principalmente, ao crescente número de trabalhadores privados na ilha comunista.

Cuba, com uma população de 11,1 milhões de habitantes, tem agora cerca de 445.000 trabalhadores privados ou "por conta própria", dedicados fundamentalmente a atividades de serviços, o que criou uma crescente demanda por imóveis de uso comercial.

O jornal Juventude Rebelde disse que a medida constitui "um novo impulso e apoio ao trabalho por conta própria e outras formas de gestão não estatal" que estimula o governo de Raúl Castro em seu empenho de "atualizar" o esgotado modelo econômico de viés soviético, que a ilha seguiu durante meio século.O jornal destacou que os inquilinos poderão destinar o imóvel à "moradia, como para escritórios, salas comerciais e armazéns".

A resolução do Ministério das Finanças e Preços fixa uma tarifa mínima de cinco pesos conversíveis (CUC, moeda cubana equivalente ao dólar) por metro quadrado da casa; e de entre sete e 10 CUC por escritórios, lojas e armazéns.Essas tarifas são proibitivas para a maioria dos cubanos, em um país onde o salário médio é de 20 dólares por mês.

Outra norma do Ministério estabelece as tarifas de outros serviços que os novos inquilinos deverão pagar, como de eletricidade, água e estacionamento.

Novo ofício de "agente imobiliário"

O negócio imobiliário começou a florescer a partir dos anos 90 com as tímidas reformas econômicas que o então presidente Fidel Castro (1959-2006) aprovou após a desintegração do bloco soviético. As imobiliárias, que desapareceram após a revolução de 1959, começaram a reaparecer nos anos 90, mas os cubanos não tinham permissão para contratar seus serviços. Hoje só existem algumas poucas empresas do setor na ilha comunista. Diretores de três imobiliárias estatais consultadas pela AFP se negaram a comentar a nova resolução.

No final de 2011, Raúl Castro autorizou a compra e venda de casas, que também ficou proibida durante décadas, em setembro de 2013, autorizou a atividade de "agente imobiliário" entre os novos ofícios que podem desempenhar os trabalhadores privados. Outras atividades permitidas na mesma ocasião foram as de vendedor no varejo de produtos agrícolas e de agente de serviços de telecomunicações, o que elevou a 201 a quantidade de ofícios autorizados para os trabalhadores autônomos.

Junto com o trabalho privado, o governo está incentivando também a criação de cooperativas integradas pelos trabalhadores de antigas empresas estatais, com o fim de reduzir a pesada folha estatal, de quase cinco milhões, e dar maior dinamismo à economia.

A partir deste ano o governo também autorizou a livre venda de automóveis, novos e usados, nas concessionárias da ilha (todas estatais), mas fixou preços exorbitantes pelos veículos - até 261.000 dólares-, o que causou frustração e indignação nos potenciais compradores. Desde o final de 2011 estava autorizada a compra e venda de automóveis entre particulares.

Tomado de EM.COM.BR

 

Add comment


Security code
Refresh

Yunior, el traidor

Indicado en la materia

Por NÉSTOR DÍAZ DE VILLEGAS.- De la noche a la mañana, hemos visto a Yunior García Aguilera convertirse en el traidor de la última tragicomedia cubana. El dramaturgo se habría dado a sí mi...

Cuba: El 15 N en contexto

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Hay mucho rechazo al interior del ejército cubano por la actuación desfachatada y sin control de la policía política contra jóvenes manifestantes pacíficos. Hay rechazo al interior de...

La humillante "victoria" de la dictadura

Indicado en la materia

Por REINALDO ESCOBAR.- Desde el fallido asalto al cuartel Moncada en 1953 hasta la debacle de la Tarea Ordenamiento, la derrota ha sido una constante en la historia de lo que se...

El éxito del #15NCuba

Indicado en la materia

Por PABLO DÍAZ ESPÍ.- El 15 de noviembre apenas unos pocos lograron marchar por las calles cubanas. Desde distintos puntos de la Isla, informaciones de periodistas independientes e imágenes y testimonios publicados en...

Reaparecen Carlos Lage y Raúl Castro: Cu

Indicado en la materia

  Por Jorge Hernández Fonseca.-  Analistas del panorama político cubano se han apresurado a prever que Lage ha sido llamado por Raúl Castro para sustituir a Díaz Canel, sometido actualmente a un ...

EL FRACASO DEL CASTRO-SOCIALISMO

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.- Ningún estado le dijo a Edison que inventara la lámpara eléctrica, o le “orientó” a Bill Gates que desarrollara programas de computación, y mucho menos le pi...

Cuba castrista hoy

Indicado en la materia

Por Jorge Hernández Fonseca.-  Ya se ve la luz al final del largo túnel. Raúl Castro, probablemente muerto –o próximo a fallecer-- dará con su mutis el pistoletazo de salida de lo...